No que a Europa me transformou…

Onde ir em Paris a noite
14/07/2017

No que a Europa me transformou…

Não me lembro de muita coisa de quando era pequena. Mas me lembro muito bem de passar horas e horas olhando o mapa mundi e viajando por cada canto dele sem sair do lugar.

Mas um cantinho se destacava, a Europa. Quantos países que unidos davam quase o tamanho do meu! Só que diferente do Brasil, ali reuniam muitos idiomas e culturas extremamente diferentes.

Vim de uma família de boas condições financeiras. Mas diferente de mim, meus pais sempre colocavam viagem pra segundo, terceiro ou vigésimo plano. Ainda mais para fora do país. Lutei muito tentando convencer meu pai a fazermos uma viagem. Passei uma vida (a dele), brigando e tentando convencê-lo. Infelizmente, ele morreu sem nunca sair do Brasil.

primeira viagem para Europa

Nós três na fazenda, um laço pra toda eternidade!

Sofri muito com isso, hoje entendo que cada um tem um sonho e uma prioridade e que devemos respeitar isso.

Certa noite escutei atrás da porta minha mãe e meu pai conversando. Ela estava tentando convencê-lo a me dar uma viagem. Nunca vou me esquecer ele falando: Sara se a Karina for, essa guria não volta nunca mais.

Finalmente minha primeira viagem para fora do país aconteceu. Foi um presente de 15 anos, que só se concretizou no meu aniversário de 16! Diferente de muitos brasileiros que a primeira viagem para fora do Brasil era para os Estados Unidos, principalmente pra Disney, a minha foi pra Europa. E acredite, em 32 anos, esse continua sendo o melhor presente que recebi na minha vida.

Hoje, dezesseis anos e cinquenta e oito países mais tarde, admito que meu pai me conhecia melhor que eu mesma. Depois daquela viagem pra Europa, tantas outras aconteceram. Nunca mais parei. Foi como se eu descobrisse uma fórmula mágica de cair no mundo.

O presente foi um intercâmbio para cinzenta pra muitos, e espetacular nos meus sonhos, Inglaterra. Depois é claro, iria para França e Itália. Afinal, finalmente pisaria na Europa e, não poderia perder a oportunidade de conhecer um pouquinho mais do que o velho continente tem pra oferecer.

Passei um mês em Cambridge. Posso dizer que sim, as pessoas estavam certas, a Inglaterra é cinzenta mesmo! E sim, eu também estava certa, ela é espetacular!

Também descobri que estava certa sobre a minha escolha. Afinal, por que conhecer um lugar onde copiam castelos, quando posso visitar verdadeiros?

Lembro como se fosse hoje, minha sensação quando ouvi que pousaríamos no aeroporto de Londres. Também lembro das árvores e da vegetação, tão diferente! Que emoção! Que frio na barriga!

Castelos, soldadinhos reais, taxis diferentes, cabines telefônicas que jamais tinha visto e monumentos lindíssimos. Finalmente estava pela primeira vez em um país diferente!

Conheci Cambridge e seus canais, Brighton com uma praia que ao invés de areia tinham pedras! Um castelo gigantesco, e de verdade, em Windsor e claro, Londres.

O que fazer em Brighton

Ahhh Londres! Com sua arquitetura centenária belíssima que se mistura com uma arquitetura ultra moderna. Tudo tão perfeito que a cidade parece ter nascido planejada dessa forma.

Essa viagem me fez ter certeza que precisamos ver com nossos próprios olhos e descobrir por nós mesmos o mundo. Um mapa, um livro, um filme ou uma foto nunca, por melhor que sejam, vão revelar como é estar em um lugar. Como é a sensação de andar pelas ruas e sentir parte da história, cultura e da forma de vida de outras pessoas. Viver como elas mesmo que por alguns dias.

Na minha viagem para Europa descobri que quando você viaja, você pode passar a amar e se identificar com um lugar mais que com seu próprio país. Como foi meu caso com a França.

Alguns minutos de viagem, sai de Londres e cheguei em Paris. Nem vou comentar o quanto maravilhoso e poderoso é estar em um outro país em tão pouco tempo, porque acho desnecessário e um tanto óbvio.

Cheguei em Paris e, achei a cidade linda mas odiei estar ali. Mal sabia eu que, alguns anos e muitas viagens pra lá mais tarde, iriam mudar totalmente minha concepção.

Essa foi outra lição que uma ou muitas viagens pra Europa me deu. Nunca julgue um lugar sem realmente entender melhor sobre ele.

Hoje sou completamente apaixonada pela França. Sua gastronomia, idioma, cultura, vinhos, paisagens, história, tudo! Absolutamente tudo! Sou tão fascinada pela França que acredito que se realmente existem outras vidas, eu passei algumas delas por lá.

rio sena

Acho incrível como um país tão pequeno, tem tanto a oferecer turisticamente. Vilarejos charmosos, vinhedos, praias maravilhosas, campos de lavanda, castelos, montanhas e estações de esqui. Tudo reunido em um espaço tão pequeno!

Descobri também em uma das minhas viagens pela Europa, que mesmo sem pertencer a uma determinada religião, é impossível não se emocionar no Vaticano ou nas belas mesquitas de Istanbul.

Na Europa descobri que o mundo é realmente encantador e merece ser explorado. Que devemos descobrir o melhor que um lugar tem a oferecer. Levar com a gente o melhor da cultura local e deixar o melhor da nossa. E assim, nos recriarmos como uma pessoa e cidadão melhores.

Obrigada pai onde quer que você esteja pelo melhor presente da minha vida. Obrigada mãe pela ajuda e obrigada Europa por me transformar no que eu sou hoje, uma cidadã do mundo. ❤️

Melhores passeios e atrações na Inglaterra

Acompanhe minhas viagens também pelo Instagram @karina.sell em breve viagem de carro pelo Marrocos ( Marrakech, Atlas mountains, acampamento no deserto, Fes, cidade azul e praias!!)

Leia também 

Porque morar em Paris pode estragar sua vida!

Diferenças entre o Português de Portugal e do Brasil ( se prepare para rir agora ou sofra depois!

Roteiro de viagem pela África

Lugares para tirar fotos em Londres

A verdade sobre a suspensão de passaportes

Brighton, o famoso balneário inglês!

Comentários no Facebook

Deixe um comentário

11 Comentário:No que a Europa me transformou…

  1. Thelma Costeira

    Me identifiquei com seu texto… fui a primeira vez em 2010…. tinha uns 32 anos…. e definitamente àquela viagem me transformou! Foi bacana ler sobre sua experiência! Que ambas possamos continuar nos transformando! 😊

    • Karina Sell

      Olá Thelma! Obrigada por compartilhar seu relato! Muito bom encontrar pessoas que se identificam com a gente! Que possamos explorar o Brasil e o mundo! Beijo grande! 😘

  2. Fabiana

    Ah que texto lindo! Estou caminhando para chegar nos 20 países, mas me identifiquei em muitas partes da sua história! Sigo vc no IG e acho o máximo! Parabéns! 😘

    • Karina Sell

      Oi Fabiana! Obrigada por compartilhar seu relato e acompanhar minhas viagens por aqui e no ig! Fico feliz em saber que levo tantas pessoas queridas comigo nas viagens e inspiro também! Dia 12 vou fazer uma road trip pelo Marrocos! Marrakesh, Atlas mountains, acampamento no deserto, cidade azul, Fes e as praias! Já estou ansiosa! Estava no topo da minha lista tem tempo! Qual lugar desses que você conheceu que mais gostou? Tem algum que gostaria de ver no blog ou no ig? Beijos e obrigada pelo carinho❤️😘

  3. Silvana Guerrese

    É quando deixamos de olhar para nosso umbigo e passamos a olhar na direção do horizonte… mundão sem fim…

    • Karina Sell

      Sim! Explorar novos horizontes e pessoas! ❤️❤️❤️ Boa noite e obrigada por deixar sua opinião! 😘

  4. renata

    Adoro morar na Europa e conheçer o mundo, mas acho muito trite, uma pessoa ñ querer conheçer o própio País. Um País lindo, querido por muitos Europeus, e infelizmente menospresado por seus próprios moradores, que ñ o conheçem. Uma vergonha, pois muitos Europeus conheçem o Brasil, melhor que o própio brasileiro.

    • Karina Sell

      Olá Renata, tudo bem? O texto foi sobre a minha vontade de conhecer o mundo, mas isso não quer dizer que eu não tivesse vontade de conhecer o Brasil. Aliás, como já morei em diversos cantos do nosso querido Brasil, região sul, sudeste e centro oeste, pude aproveitar e conhecer bem essas regiões como outras. Mas, a vontade de explorar ainda mais tanto o Brasil como o resto do mundo só aumenta. O texto foi só pra relatar minha primeira viagem para o exterior, acredito que pra quem ama viagem, independente do lugar é bem marcante! Bjos

  5. Marcelli

    Amei!!! Me identifiquei muito!! Amo amo viajar, só não viajo mais pq preciso trabalhar pra isso haha, mas já sou mto feliz pelas viagens que já fez e pelas que já estou planejando e quem sabe esse ano ainda role um amor à primeria vista por Paris!

    • Karina Sell

      Oi Marcelli! Obrigada! Fico feliz que tenha gostado e se identificado! Esse mundo online é maravilhoso, adoro poder encontrar pessoas que dividem as mesmas paixões, poder inspirar e ajudar também! Obrigada por compartilhar seu relato. Que venham muitas viagens para nós! Se precisar de alguma dica e informação me avise, vou ficar feliz se puder te ajudar! Beijo e boa semana pra vc! 😘

  6. Karina Sell

    Obrigada querido Paulinho pela visita e comentário. Certamente dividimos hoje uma grande paixão chamada Portugal! Nos encontramos por lá! 😉